16 de nov de 2010

Desafio Literário - Novembro: Ensaio sobre a cegueira (José Saramago)


Tema: Escritores de Portugal

Mês: Novembro

Título: Ensaio sobre a cegueira

Autor(a): José Saramago

Editora: Companhia das Letras

Nº de páginas: 312

O livro é sobre...
Um motorista parado no sinal se descobre subitamente cego. É o primeiro caso de uma "treva branca" que logo se espalha incontrolavelmente. Resguardados em quarentena, os cegos se perceberão reduzidos à essência humana, numa verdadeira viagem às trevas.
O Ensaio Sobre a Cegueira é a fantasia de um autor que nos faz lembrar "a responsabilidade de ter olhos quando os outros os perderam". José Saramago nos dá, aqui, uma imagem aterradora e comovente de tempos sombrios, à beira de um novo milênio, impondo-se à companhia dos maiores visionários modernos, como Franz Kafka e Elias Canetti.Cada leitor viverá uma experiência imaginativa única. Num ponto onde se cruzam literatura e sabedoria, José Saramago nos obriga a parar, fechar os olhos e ver. Recuperar a lucidez, resgatar o afeto: essas são as tarefas do escritor e de cada leitor, diante da pressão dos tempos e do que se perdeu: "uma coisa que não tem nome, essa coisa é o que somos".

Eu escolhi este livro porque...
Não tem razão específica. Tinha que escolher algum livro. Saramago é um dos mais famosos escritores portugueses do mundo. Eu já tinha visto alguma coisa sobre a adaptação para o cinema.

A leitura foi...
Legal por causa das lições implícitas.
A cegueira começa num único homem, durante a sua rotina habitual. Quando está sentado no semáforo, este homem tem um ataque de cegueira, e é aí, com as pessoas que correm em seu socorro que uma cadeia sucessiva de cegueira se forma… Uma cegueira, branca, como um mar de leite e jamais conhecida, alastra-se rapidamente em forma de epidemia. O governo decide agir, e as pessoas infectadas são colocadas em uma quarentena com recursos limitados que irá desvendar aos poucos as características primitivas do ser humano. A força da epidemia não diminui com as atitudes tomadas pelo governo e depressa o mundo se torna cego, onde apenas uma mulher, misteriosa e secretamente manterá a sua visão, enfrentando todos os horrores que serão causados, presenciando visualmente vários sentimentos (poder, obediencia, ganância, carinho, desejo, vergonha) que se desenvolverão de várias formas.
Saramago mostra as reacções do ser humano às necessidades, à incapacidade, à impotência, ao desprezo e ao abandono e nos faz também refletir sobre a moral, costumes, ética e preconceito através dos olhos da personagem principal, a mulher do médico, que se depara ao longo da narrativa com situações inadmissíveis; mata para se preservar e aos demais, depara-se com a morte de maneiras bizarras, como cadáveres espalhados pelas ruas e incêndios; após a saída do hospício, ao entrar numa igreja, presencia um cenário em que todos os santos se encontram vendados: “se os céus não vêem, que ninguém veja”…
Segundo o próprio escritor: "Este é um livro francamente terrível com o qual eu quero que o leitor sofra tanto como eu sofri ao escrevê-lo. Nele se descreve uma longa tortura. É um livro brutal e violento e é simultaneamente uma das experiências mais dolorosas da minha vida. São 300 páginas de constante aflição. Através da escrita, tentei dizer que não somos bons e que é preciso que tenhamos coragem para reconhecer isso."

A nota que dou para o livro:
5 (Ótimo)

7 comentários:

  1. Esse livro realmente foi o mais escolhido pelos leitores desse desafio neh??? Gostei da resenha, quero lê-lo.

    ResponderExcluir
  2. E' interessante como cada leitor descreve a experiencia de ter lido este livro ... quero muito lê-lo. Muito bo resenha. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Brutal, violento e sofrido, realmente.
    Mas sensacional!!!
    Bjssss

    ResponderExcluir
  4. Ótima escolha. Saramago é genial. O livro é sufocante e muito, mas muito bom.

    ResponderExcluir
  5. Parece-me bem interessante, mas não estou para torturas no momento. Nem mesmo as literárias...hehehe

    Excelente resenha!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  6. Olá Nat! Deixei um selinho para você no meu blog:
    http://descobrindojaneausten.blogspot.com
    B-jus

    ResponderExcluir