18 de fev de 2016

O Hobbit: a desolação de Smaug (Jude Fisher)


Título: O Hobbit: uma jornada inesperada – guia ilustrado
Autora: Jude Fisher
Editora Martins Fontes, 87p.

Sinopse: O projeto da versão cinematográfica completa de O Hobbit, de Tolkien, prevê a realização de três filmes. Este livro baseia-se no segundo, O Hobbit: a desolação de Smaug, que narra a jornada de Bilbo, Gandalf, Thorin e a Companhia dos Anões através do mundo hostil da Terra-média até Erebor e o terrível Dragão que espera por eles. Trata-se de um guia que, em bela edição inteiramente ilustrada e em cores, traz uma apresentação detalhada dos personagens e dos lugares envolvidos nessa aventura fabulosa. (Fonte: Skoob)

Mais um livro de Fisher sobre os filmes d'O Hobbit, desta vez centrando-se no segundo filme da trilogia. Ele contém um pequeno resumo dos acontecimentos do primeiro filme e traz informações sobre os personagens aos quais somos apresentados pela primeira vez, como Thranduil, Tauriel, Beorn e Bard. As fotos são maravilhosas e os textos fazem uma introdução sobre o que acontece no filme, mas só. Como já disse, os guias de Fisher são bem resumidos, o que não me atrai muito. Mas vale como livro para colecionar.

16 de fev de 2016

Razão e Sentimento (Jane Austen)


Título: Razão e Sentimento
Autora: Jane Austen
Editora Nova Fronteira, 486p.

Todas as fãs de Jane Austen já conhecem a história das duas irmãs Dashwood, cuja mudança da família para um lugar mais condizente com suas posses fez com que uma delas conhecesse o amor, enquanto a outra tivesse suas esperanças de um futuro feliz com o homem que amava fosse totalmente destruída. Eu amo Elinor e Marianne desde a primeira vez que li Razão e Sensibilidade, então, e não só por isso, eu tive que comprar essa edição ilustrada, intitulada como na primeira vez em que o livro foi publicado no Brasil: Razão e Sentimento. Com tradução de Ivo Barroso, esta lindíssima edição de capa dura da Nova Fronteira ainda é ilustrada por Hugh Thomson e também conta com um pequeno ensaio sobre a escrita em formato supostamente epistolar da história, além de um texto de Raquel Salaberry Brião (do Jane Austem em Português) sobre a autora e ilustrações das capas do livro pelo mundo. Por essa e várias outras razões, sendo a principal delas o fato de que os romances de Jane Austen são extremamente bem escritos e envolventes, eu indico esse livro para todos, fãs ou não da autora.