26 de nov de 2011

A simbólica do espaço em O Senhor dos Anéis de JRR Tolkien


Um livro muito bom sobre O Senhor dos Anéis. Na realidade, o primeiro que discute o autor em termos, digamos, acadêmicos publicado em Portugal. O lançamento foi ano passado. Ainda não encontrei à venda por aqui, nem na internet.
Um usuário do youtube, goblindegook, postou vídeos do lançamento, em que a autora, Maria do Rosário Monteiro, e o editor Pedro Marques falam sobre do livro. O evento foi filmado e dividido em 4 partes. A primeira:



Para ver o resto, clique aqui: parte2, parte 3 e parte 4.
O blog da editora comentou o lançamento e disponibilizou uma amostra do livro para leitura online.

David Sickmiller - Bons pais, bons filhos

Essa é a tradução de um artigo muito bom que fala das relações familiares em duas obras, Orgulho e Preconceito de Jane Austen e Frankenstein de Mary Shelley. David Sickmiller - Bons pais, bons filhos

21 de nov de 2011

Revistas O Universo Fantástico de Tolkien



Um dia desses surgiu uma conversa na página do Conselho Branco no facebook sobre uma coleção de revistas chamada O Universo Fantástico de Tolkien. Criada em 2002, essa coleção falava sobre tudo relacionado ao mundo de Tolkien, abordando não somente aspectos dos filmes, mas da vida e obra do autor. Sempre com notícias fresquinhas sobre os filmes, promoções (com cada prêmio... só de pensar nas Argonath em miniatura...) artigos muito bem escritos e uma ótima formatação, as revistas traziam informações e abriram espaço para comunicação com fãs e leitores. Infelizmente, devido a processos legais, a publicação foi cancelada depois do número 12 (pelo menos completou um ano...)

Pois bem. Entre os “eu tenho” e “eu não tenho”, uma das pessoas mencionou o conto “O último navio para o Oeste”, escrito por Martin D’Orey Carbone. Aí eu me toquei de que nunca havia lido essa seção, que estreou a partir da edição 6. Peguei toda a coleção de novo e fui ler. Tenho que dizer que adoraria ter imaginação pra escrever esse tipo de coisa. Os contos eram muito bons, e os que mais gostei foram: “Uma pequena aventura na Terra-média”, de Sandro Farias; “Nirnaemorgoth” de Ana Letícia de Fiori; “Os Olhos de Elbereth”, de Rosana Rios (ocupa o segundo lugar na minha lista de melhores contos) e o já citado “O último navio para o Oeste”, que me fez chorar (feito um bebê, mas abafa o caso...) e é o melhor conto publicado pela revista.

O motivo de estar falando dessas publicações aqui é o seguinte: queria sortear essa coleção no aniversário do blog, mas aconteceram problemas e não sei mais se o meu “fornecedor” ainda vai disponibilizar as revistas. Então resolvi fazer uma enquete para saber o que os fãs de Tolkien gostariam que fosse o prêmio do sorteio.
Algumas opções são de livros lançados já faz um tempo. Mesmo assim, algumas pessoas me dizem que não os têm ainda, então coloquei como opção. Votem (aí do lado), porque essa enquete será finalizada dia 30 de novembro. Tem que ser uma votação rápida, o blog faz aniversário em janeiro.

14 de nov de 2011

Ensinando Tolkien

Um belo achado. Faz um tempo, não tinha nada para fazer na internet, estava só fuçando alguns sites, descobri que o site da editora Houghton Mifflin disponibiliza para download lições e guias de estudo das obras de Tolkien. São nove lições disponibilizadas separadamente, que servem para o leitor iniciante, para quem quer testar seus conhecimentos sobre as obras e principalmente para aqueles que vêem os livros de Tolkien como objetos de estudo. Abaixo está a lista de lições; para acessar é só clicar nos títulos.

A Terra-média de Tolkien: Planos de aula para Educadores do Ensino Secundário.

Unidade 1: Introduzindo Tolkien e seus mundos
Conteúdo: Tradição oral
Temática: Criando significados através do mito

Unidade 2: Enigmas, runas e um Anel do Poder
Conteúdo: O Hobbit (cap. 1-7)
Temática: A magia da linguagem

Unidade 3: Lá e De Volta Outra Vez
Conteúdo: O Hobbit (cap.8-19)
Tenática: A "Busca" na vida e na literatura

Unidade 4: Um Anel para a Todos Governar
Conteúdo: O Senhor dos Anéis, Livro I
Temática: Poder, corrupção e responsabilidade

Unidade 5: "As marés do destino estão fluindo"
Conteúdo: O Senhor dos Anéis, Livro II
Temática: Livre arbítrio e a Sociedade

Unidade 6: O lamento de Barbárvore
Conteúdo: O Senhor dos Anéis, Livro III
Temática: O preço do progresso

Unidade 7: O universo moral de Tolkien
Conteúdo: O Senhor dos Anéis, Livro IV
Temática: A natureza do bom e do mal

Unidade 8: Guerra e paz na Terra-média
Conteúdo: O Senhor dos Anéis, Livro V
Temática: Um inimigo chamado Desespero

Unidade 9: "A jornada é realizada"
Conteúdo: O Senhor dos Anéis, Livro VI
Temática: Como surge um herói?

O site também disponibiliza guias com perguntas variadas sobre cada um dos livros da trilogia e sobre O Hobbit.

Guia para leitores d'O Hobbit.
Guia para leitores d'O Senhor dos Anéis.
Guia para professores d'O Senhor dos Anéis.

São ótimas pedidas para professores que vêem na leitura e na literatura uma boa metodologia de aprendizagem a ser aplicada em suas aulas.

6 de nov de 2011

Alfabetos de Tolkien


Eu já havia mostrado aqui o meu nome escrito no idioma Quenya utilizando o alfabeto Tengwar, ambos inventados por Tolkien. Há uns dois anos atrás, eu comecei a estudar Quenya e Sindarin, aprendi algumas coisas, por pura curiosidade. Mas Tengwar eu nunca parei pra entender. A curiosidade está batendo agora, então selecionei alguns materiais sobre os idiomas e os alfabetos inventados pelo mestre.

Amanye Tenceli: fala dos Sistemas de Escrita de Aman.
Quenta Eldatencelion: fala dos sistemas de escrita élficos.
Tolkien’s english runes: sobre as runas de Tolkien.

Quenya Tengwainen: para escrever em Quenya com o alfabeto Tengwar.
Tîw i lam Thindrim: para escrever em Sindarin com o alfabeto Tengwar.
Writing numbers with Tengwar (escrevendo numerous com o alfabeto Tengwar)

Para escrever em português utilizando os alfabetos de Rúmil, Tengwar e Angerthas:

Também foram confirmadas duas boas notícias: o relançamento do Curso de Quenya e a publicação de um livro sobre como escrever em português utilizando o alfabeto Tengwar No site do Rodrigo Rodrigo Jaroszewski, Èlfico, eis a notícia sobre o Curso de Quenya:

“A editora Arte & Letra fará o relançamento do Curso de Quenya, com aproximadamente 75% do seu conteúdo revisado de acordo com o tradutor, Gabriel Brum. Eu havia vendido minha cópia num evento a três anos por causa do grande número de revisões necessárias, que haviam deixado a edição completamente obsoleta para os meus propósitos.”

Sobre o livro, é um projeto que vem se desenvolvendo há anos e agora está em sua quinta versão, disponibilizada pelo fórum Valinor para download.
É um senhor projeto esse livro. Eu só comecei a estudar Quenya e Sindarin. Tengwar, eu só dei uma pincelada. Mas morro de vontade de aprender.

3 de nov de 2011

Revista Jane Austen Portugal - Edições 8 e 9


Liberadas duas novas edições da Revista Jane Austen Portugal, Agosto e Setembro, 2011. A edição de agosto tem como tema a importância das cartas nas obras de Jane Austen.


Já a de setembro discute a questão da educação e boas maneiras. Para a edição de novembro, o tema será "Relações Familiares em Orgulho e Preconceito". As meninas do Jane Austen Portugal afirmaram que quem quiser participar deve enviar seus textos até o dia 25 de novembro. Para fazer o download é só clicar nas imagens.