24 de mai de 2014

Encontrando Deus em O Hobbit (Jim Ware)



Título: Encontrando Deus em O Hobbit: os ensinamentos cristãos presentes no clássico de J.R.R. Tolkien
Autor: Jim Ware
Editora Thomas Nelson Brasil, 197p.

Quais as mensagens cristãs que podem ser encontradas n'O Hobbit? Jim Ware tenta responder essas perguntas através de suas próprias observações sobre as crenças e convicções de Tolkien. Cada capítulo de O Hobbit é analisado segundo os ensinamentos contidos na Bíblia. Ele discute a magia no mundo de Tolkien (que é algo mais subliminarmente mostrada), analisa o papel das águias (um dos meus capítulos favoritos).
Ware analisa o personagem Beorn, comparando-o com a paixão de Tolkien por florestas e sua recomendação sutil de que a natureza deve ser cuidada e protegida; descreve a relutância de Bilbo (o herói relutante) e suas dúvidas, no momento em que os anões confiavam nele sem reservas; examina Bard e seu caráter crítico e realista, comparando-o com outros nomes da história.

Eu adorei esse livro. Pelo título, pode-se pensar que a leitura é chata e entendiante, mas longe disso. Até porque o autor fala de uma forma franca e objetiva ao seu leitor. Vi que Ware se fez alguns questionamentos que eu mesma havia feito quando li O Hobbit pela primeira vez, e ele consegue responder de maneira satisfatória a essas questões (por exemplo, sobre as águias e seu papel na Terra-média). Recomendo.

A wife for Mr. Darcy (Mary Lydon Simonsen)



Título: A wife for Mr. Darcy
Autora: Mary Lydon Simonsen
Editora Sourcebooks, 384p.

Darcy aparece na casa de Lizzie para se desculpar pelo que disse no baile de Meryton. A conversa não acontece como ele esperava, mas ele acaba prestando pela primeira vez na moça. Ansioso para revê-la na casa de Sir William, Darcy percebe os comentários gerados devido a atenção que dedica a Lizzie, então ele decide evitá-la. Em Londres, ele continua cortejando uma jovem de sua mesma posição social, mas não consegue evitar parar de pensar em Lizzie. Ela também está interessada nele. De volta a Netherfield, Darcy percebe que está cada vez mais difícil ficar longe dela, ainda mais com Bingley e Jane noivos. Querendo e ao mesmo tempo evitando voltar para Londres, Darcy percebe que deve escolher entre as expectativas de sua família e posição social e a mulher que ama.

Um livro muito legal. Não era o que eu esperava, e me surpreendi gostando, ainda mais nos momentos mais “reticentes” de Darcy. Uma coisa que eu amei na história foi o caráter mais decidido de Georgiana Darcy, armando para o irmão voltar para junto de Lizzie. Ela se mostra uma verdadeira aprendiz de cupido, além de ter uma personalidade divertida e decidida. Achei no início a narrativa meio lenta, me impacientei em algumas partes, mas nada que faça não ter válido a pena a a leitura, afinal, é Mr. Darcy rsrsrs Recomendo.