28 de dez de 2010

Desafio Literário 2010: uma retrospectiva.


Essa é minha retrospectiva do Desafio Literário 2010. Li livros que não sabia sequer que existiam e principalmente que nunca cogitei ler. Mas não me arrependo. Esse formato eu copiei da Fernanda, do blog Coisas Minhas. A lista acima não mostra a ordem em que eu li os livros, e sim a ordem de preferência deles.

A melhor surpresa: As mentiras que os homens contam. Nunca fui chegada em literatura brasileira e portuguesa, mas esse livro é ótimo. Chorei de tanto rir enquanto lia.

A pior decepção: Não foi uma decepção, só não tinha muito o que esperar dele. O Código da Vinci.

O melhor livro: Emma, As mentiras que os homens contam e Coração de Tinta. Não dá pra escolher porque cada um tem um diferencial. Emma era o único de Jane Austen que ainda faltava ler, As mentiras que os homens contam foi muito engraçado e me aproximou um pouquinho da nossa literatura, e Coração de Tinta faz parte do gênero literário que adoro, fantasia.

O pior livro: Confissões de uma irmã de Cinderela. De todas as versões da história de Cinderela que li e vi, incluindo filmes, essa é a pior.

O livro mais difícil: Ensaio sobre a cegueira, acho que por causa da linguagem e porque, como já falei, não sou muito fã de literatura brasileira e portuguesa. Acho que aquelas leituras obrigatórias de vestibular (principalmente Amor de Perdição, oh meu Deus!) me traumatizaram.

O livro mais cute: Dewey. Livros de animais sempre mexem comigo.

O livro mais envolvente: Fala sério, mãe!. Com uma linguagem tão acessível, me fez rir muito com as trapalhadas da mãe e da filha, mesmo enquanto lembrava que quando as mesmas situações aconteceram comigo e com a minha mãe, não foram nada divertidas.

O livro mais não-fede-nem-cheira: A casa das sete mulheres. Um romance histórico, nada mais. Emociona, mas não passou disso.

O livro mais emocionante: Não “emocionante”, mas envolvente. Audácia, porque nunca tinha lido um romance de banca. Apesar de ter lido com toda a pressa do mundo pra ver se ainda tinha tempo de postar a resenha (me inscrevi no Desafio no fim de janeiro, imaginem a pressa!), gostei e a história prendeu minha atenção devido ao final, que eu queria que acontecesse, mas não imaginava que o caminho para ele seria o que foi.

Então é isso. Adorei participar e 2011 que me aguarde. Novos temas, novos livros, talvez menos tempo... Mas é isso aí. Obrigada, Vivi, por deixar que eu me inscrevesse.

2 comentários:

  1. Oi, Natallie! Fico tão contente em ver esse balanço. Me deixa com mais gás para botar o projeto para frente por um bom tempo. Obrigada por ter participado, queridaça!!! Nos vemos no DL 2011!!!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Olá, Natallie! Caramba, compartilhamos de duas enormes paixões literárias: Austen e Tolkien; vou dar uma boa lida nos artigos do Cantinho depois.

    Fico feliz que tenha gostado do Coruja; os desenhos da galeria não são meus, mas da Dani, que é, por assim dizer, minha desenhista oficial - ela começou como leitora e, de repente, ela tinha começado a enviar desenhos e quando vi, tinha virado absoluta fã da garota.

    Ótima lista do Desafio; vai participar esse ano também?

    ResponderExcluir