12 de set de 2011

Tolkien X Martin (De novo...)

Eu falei aqui, não faz muito tempo, sobre uma matéria na revista Veja comparando Tolkien e George Martin e suas respectivas séries. Claro que a forma que o autor do artigo escreveu indignou muitos fãs de Tolkien.
Agora, o Reinaldo Lopes escreveu um pequeno texto para a Folha de São Paulo falando sobre essa comparação ridícula. Vou postar um trechinho aqui:

Comparar “Game of Thrones” com “O Senhor dos Anéis”, de J.R.R. Tolkien, é coisa de quem não tem o menor olho para sacar como as coisas funcionam na literatura de fantasia.
O paralelo correto para o best-seller de Martin na obra de Tolkien é “O Silmarillion”, bem mais obscuro, mas nem por isso menos genial.
Ambas as histórias não passam de competentes atualizações das sagas escandinavas, obcecadas como são por laços de sangue e pelos vários tipos de caquinha que as pessoas (sejam elfos, humanos ou mestiços) fazem por causa deles.[...]


Para ver o texto na íntegra, é só dar uma olhadinha no post da Valinor.


Na real, acho isso tudo uma bobagem sem fim. Essas comparações não levam a nada. Apesar de Tolkien ter sido influenciado em sua escrita pelos mais variados gêneros literários, ele se enquadrava perfeitamente em saga (uma categoria que ele próprio aceitava) e fantasia. Ainda não li George Martin (e confesso que essa comparação está diminuindo a minha curiosidade), então não posso classificar suas obras.


O que precisa ser entendido é que Tolkien foi único, no sentido de que criou um mundo literário totalmente novo (apesar de baseado em histórias antigas). Mesmo que Martin esteja seguindo a trilha criada pelo Mestre, a comparação continua sendo infundada.

Um comentário:

  1. Tbm concordo, essas comparações são infundadas, dessa maneira, vendo essa guerra de opiniões acabo perdendo a curiosidade de conhecer as obras de Martin...ainda não li nada e nem sei se vou ler..

    ResponderExcluir