17 de dez de 2011

The real Middle-earth

Um documentário muito bom sobre a Terra-média de J.R.R. Tolkien.



O Senhor dos Anéis de J.R.R. Tolkien é a obra de ficção mais popular jamais criada. É um conto de proporções épicas trazido à realidade através de seu cenário inesquecível, a Terra-média. A excelente trilogia introduz o mundo de Gandalf, Frodo e Aragorn, mas a indiscutível estrela do livro não pronuncia uma única palavra. É a própria Terra-média – o cenário inesquecível d’O Senhor dos Anéis – que permanece como a grande realização de Tolkien. Esse fascinante documentário nos leva pelos passos de Tolkien e investiga as paisagens e construções, os lugares e nomes que ajudaram a dar forma a Terra-média. 
Sir Ian Holm (Bilbo Baggins em A Sociedade do Anel) narra essa fascinante exploração por dentro de um mundo imaginário que parece tão real que nos faz debruçarmos sobre seus mapas e contemplarmos suas viagens e missões. 
Isso acontece porque as origens do mundo imanado por Tolkien foram inspiradas por lugares reais? Existiu um condado real no interior inglês que inspirou o Condado da Terra-média? Quais influências deram forma às terras escuras e mais problemáticas além de suas fronteiras? Como as línguas européias se fundiram no gênio criativo de Tolkien para a criação de um vocabulário que evoca lugares extraordinários ou aventuras heróicas? 
A jornada por The Real Middle Earth nos leva para as terras centrais ocidentais da Inglaterra, para Warwick e Oxford, para a antiga escola de Lancashire, para sítios de sepultamentos saxões e muitos outros lugares, incluindo os reais Pântanos Mortos, de outra forma conhecidos como os campos de batalha do Somme da Grande Guerra. 

Informações extras:
-Perfil de Stephen Raw, o desenhista oficial dos mapas d’O Senhor dos Anéis.
-Perfil da equipe de próteses por trás dos efeitos especiais d’O Senhor dos Anéis.
-Entrevistas estendidas com os estudiosos de Tolkien Helen Armstrong, Patrick Curry e John Garth.

O documentário inteiro pode ser visto no Youtube. E os extras podem ser vistos neste site ou na página do youtube de Jasonmedia.

Um comentário: