25 de jan de 2013

Orgulho e Preconceito (1995) – The P&P Bicentenary Challenge


Orgulho e Preconceito é uma série britânica produzida em 1995, adaptação da obra homônima de Jane Austen, publicada em 1813.

Colin Firth assume o papel do galã mal-humorado Mr. Darcy, enquanto Lizzie Bennet é interpretada por Jennifer Ehle. Ambos estão ótimos em seus papéis, principalmente (lógico, claro, tinha que ser ele) Colin Firth. Até hoje, essa foi a segunda adaptação de Orgulho e Preconceito que assisti, e devo dizer que adorei. Claro, como toda adaptação, deixa a desejar em alguns quesitos (como no caso do primeiro pedido de casamento, achei muito seco de emoções, indignas do estado de espírito perturbadamente apaixonado de Mr. Darcy na ocasião), mas compensa em outras partes (quando Darcy e Lizzie se encontram em Pemberley, a pressa dele em fazer a moça e os tios se sentirem bem-vindos – OMG! – e a cena em que ele escreve a famosa carta, para citar exemplos). Agora eu entendo porque todo mundo entre as janeites consideram Colin Firth o perfeito Darcy. Ele está simplesmente apaixonante. O cenário, as mansões, as paisagens, as atuações, tudo isso faz com que essa série seja indicada para todos: para divertir quem gosta de uma boa série de TV; para ensinar novatos em Austen e para fazerem as janeites confessas se apaixonarem mais ainda por essa obra singular.

Pride and Prejudice is a British series produced in 1995, adapting the work of the same name by Jane Austen, published in 1813.

Colin Firth plays the role of heratthrob grumpy Mr. Darcy, while Lizzie Bennet is interpreted by Jennifer Ehle. Both are great in their roles, specially (of course, had to be him) Collin Firth. Until today, this was the second Pride and Prejudice adaptation I watched and I must say that I loved it. Of course, like any adaptation, it is lacking in some parts (as in the case of the first marriage proposal, I found very dry of emotions, unworthy of the disturbingly passionate state of mind of Mr Darcy on the occasion), but compensate in other parts (when Darcy and Lizzie are at Pemberley, his haste to make the lady and their relatives feel welcome – OMG! – and the scene where he writes the famous letter, to quote examples). Now I understand why everyone between janeites consider Colin Firth the perfect Darcy. It is simply fascinating. The setting, the mansions, the landscapes, the acting, everything that makes this series is suitable for everyone: for those who like to enjoy a good TV series; to teach beginners to do in Austen and to make the declared janeites fall in love even more for this singular work.

2 comentários:

  1. quero muito assistir a série pra comparar com o filme de 2005. isto antes do dia 28

    ResponderExcluir
  2. Eu só fui assistir agora, mas ainda prefiro o filme, só por causa do Matthew :)

    ResponderExcluir