1 de fev de 2014

Mestre Gil de Ham (J.R.R. Tolkien)


Título: Mestre Gil de Ham
Autor: J.R.R. Tolkien
Editora Martins Fontes, 142p.

Um gigante se perde nas montanhas e acaba indo parar na pequena cidade de Ham. Um cachorro, mas especificamente o cachorro do fazendeiro Gil encontra o gigante e foge, acordando o dono e avisando que se ele não for matar o gigante, vai sofrer sérios prejuízos. Mestre Gil fica sem alternativa e vai espantar o gigante com seu bacamarte. Aclamado pelo seu povoado como herói, Mestre Gil se enche de orgulho. Notícias suas logo chegam a corte, e o rei o presenteia com uma espada. Um tempo depois, um dragão começa a se aproximar de Ham e todos acham que Mestre Gil deve ir combatê-lo, como o herói que é. Ao ver a espada, o dragão se amedronta e aceita pagar os prejuízos causados com seu tesouro. Mas o pagamento nunca aparece, então o fazendeiro se junta aos cavaleiros do rei para matar o dragão. Novamente, ao ver a espada de Gil, o dragão fica com medo, entrega seu tesouro e segue o fazendeiro como animal de estimação. Ao ouvir as notícias do retorno de Gil, o rei vai atrás dele exigindo o tesouro do dragão, mas tem uma bela surpresa.

Uma história muito divertida. Ambas as versões. Eu gostei mais da versão de como Tolkien contou para seus filhos (a segunda), porque a primeira é muita cheia de notas explicativas, o que é algo comum para o autor. O livro ainda apresenta uma introdução sobre as versões dessa história, falando sobre as mudanças sofridas e adições e cortes. Gostei porque, como já disse, o livro apresenta a versão original e a corrigida para publicação. Uma história simples para mera apreciação em um livro muito indicado para os fãs de Tolkien.

Nenhum comentário:

Postar um comentário