10 de mai de 2013

Eu fui a melhor amiga de Jane Austen (Cora Harrison)


Título: Eu fui a melhor amiga de Jane Austen
Autora: Cora Harrison
Editora Rocco Jovens Leitores, 317p.

Jenny esta apavorada. Sua amiga Jane está doente e não recebe os cuidados devidos. Uma carta escrita a Sra. Austen pode resolver os problemas, mas Jenny está com medo de sair para levar a carta ao correio, pois já é noite e não cabe bem a uma jovem donzela ser pega andando por Southampton sozinha e desacompanhada. Mesmo assim, ela toma sua decisão e sai. No caminho, onde cada virada de esquina é um sobressalto, ela acaba recebendo ajuda de um jovem militar. Capitão Thomas Williams, é o nome dele. Depois de ouvir sua história, ele entrega a carta e a leva de volta a escola para meninas. Jenny fica impressionada com o porte do rapaz, mas isso não é capaz de tirar a preocupação com a prima de sua cabeça. Quando Jane começa a melhorar, quem cai doente é Jenny. E não demora muito os Austen aparecem para levar as duas. Um bom tempo depois, ela está melhor e se encontra feliz da vida, pois seu irmão e cunhada permitiram que ela ficasse hospedada com a família de sua tia. Assim, Jenny experimenta uma vida em família que desconhecia, participando de suas atividades e diversões. Em um dos bailes, ela acaba reencontrando o capitão Thomas Williams, que a reconhece. Com medo de que ele a denuncie, Jenny não consegue falar nada. Mas o jeito educado do jovem militar logo a tranqüiliza. No entanto, a promessa de se verem de novo cai por terra quando uma carta denunciando o comportamento da jovem naquela noite. Agora, Jenny não quer mais saber dele. Será que o capitão conquistará a confiança da moça novamente?

Esse livro foi uma delicia de ler. Os Austen da história são esses mesmo, a família de Jane Austen. Cora Harrison, na verdade, criou uma história muito boa tendo a família da escritora como personagens principais. Talvez por isso tive a impressão do livro ser quase uma biografia, ainda mais porque foi escrita em forma de diário (um ponto alto do livro, aliás, é esse). Fã de Jane Austen, Cora consegue fazer o leitor sentir que está lendo um livro da própria autora, tal é a linguagem que utiliza. Poucos conseguem escrever readaptações ou sequencias de clássicos utilizando o mesmo tom de narrativa que o autor original, e dentre esses poucos está Cora. Uma leitura muito divertida e recomendada.

3 comentários:

  1. Oie!!
    Eu já tinha vontade de ler este livro, mas agora ele entrou na minha lista de desejado e de leitura. Ameii sua resenha!
    Que legal, adoro livros em forma de diário, quero logo ler.
    Adoro essa capa.

    Beijos*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia logo que vc puder, vc vai amar ^^
      Bjos.

      Excluir
  2. Muito legal demais amei o livro de Cora Harrison foi a primeira vez que eu li e ja amei

    ResponderExcluir