15 de out de 2014

The truth about Mr. Darcy (Susan Adriani)


Título: The truth about Mr. Darcy
Autora: Susan Adriani
Editora Sourcebooks Landmark, 448p.

Elizabeth está feliz de deixar Netherfield, onde esteve cuidando de Jane, que estava doente. Ela não cansa de se admirar com a quantidade de vezes que Mr. Darcy aparecia de surpresa nos lugares onde ela estava como se estivesse propositadamente se atirando em seu caminho. Ela e irmã, passeando em Meryton, encontram Bingley e Darcy, que fica pasmo ao ver seu velho conhecido Wickham. E o fato de conhecer o verdadeiro caráter do rapaz faz com que seu sangue gele ao pensar que ele possa estar se tornando amigo de Elizabeth. Em um primeiro momento, Elizabeth não consegue entender a animosidade, então ela inventa uma desculpa para ficar sozinha com Darcy. Ele, apesar de suas reservas quanto ao verdadeiro motivo de detestar Wickham cair no conhecimento público, resolve confiar a informação a Elizabeth. A Quando Bingley surpreende o soldado incomodando a moça e relata o ocorrido a Darcy, o cavalheiro finalmente confessa seus sentimentos por ela ao amigo. Um encontro mostra a Darcy que Elizabeth pode estar começando a sentir algo por ele, e assim começa um romance cheio de paixão e desejo.

Não sei muito bem o que pensar desse livro. Apesar de seguir a mesma premissa dos outros que li desse gênero, ele vai mais além, porque mostra um Darcy e uma Elizabeth muito mais sintonizados um com os sentimentos do outro. Gostei porque, apesar de Darcy se mostrar mais aberto em relação ao que sente por ela, Elizabeth ainda demora um pouco para ter certeza. Wickham é desmascarado logo no início, o que só acelerou o processo de confiança entre eles, o que eu achei bem legal. A autora usa e abusa das cenas sexo entre eles, e apesar de me surpreender, o que eu não gostei é que, a partir de certo ponto, o livro se tornou repetitivo, como se Darcy e Lizzie precisassem a toda hora ficar provando seu amor um para o outro, como se eles não confiassem em si próprios. Isso chegou até me irritar um pouco. Mas o enredo é diferente. Vale a pena ler.

Nenhum comentário:

Postar um comentário